Poesia, música em piano e fotografia. Tudo assim: muito simples, que simples é muito melhor.

O que se escreve

Quarta-feira, 16 de Dezembro de 2009

Muito tédio e um pouco de dor.

Dois dos ingredientes

Das minhas frustrações.

 

Estes dias, um dissabor

A que faltam incidentes

E mesmo fabulações...

 

Muito tédio e um pouco de dor.

É o que existe em mim

Nos dias em que fico cansado.

 

São dias que não têm cor.

E eu passo-os assim:

Cansado e frustrado.

 

 

Nota: Este poema foi escrito a 06-09-2009.

Pedro Simão Mendes às 15:29