Poesia, música em piano e fotografia. Tudo assim: muito simples, que simples é muito melhor.

O que se escreve

Quinta-feira, 09 de Dezembro de 2010

Isso é um pouco ter lata a mais, na minha opinião:


Uma senhora com idade para ter juízo - que sou mais novo e o tenho há muito - vem comentar o meu blogue, dando-me os parabéns pelo meu destaque nos blogues da sapo e plagia um dos meus poemas  - "Chuva de Outono", pelo - dito por ela - SEU "Sol de Outono". (E é de notar que também tenho um publicado com este título.)
Qual é o meu espanto quando noto o plágio puro, muito mal disfarçado e de forma ridícula. É infeliz que assim seja, mas acho uma falta de carácter e respeito.

Poderia ao menos dar o direito de autor e colocar o poema original, referenciando-me. Enfim...

 

Aqui está a imagem do blogue que plagiou o poema, com as palavras da autora do blogue, com link para o seu blogue.

 

 

plágio

 

 

Pedro Simão Mendes às 00:07

olha tens uma coisinha para ti no meu mundo de poesia. agora tu é que sabes se queres ir lá ver mas eu agradecia-te imenso que fosses. eu confesso que nunca fui criativa e não sei ser original mas isso não leva o facto de me julgares. beijinhos e vai-me visitar de novo,pois há uma coisinha para ti no meu mundo de poesia.
http://mundodepoesiadois.blogs.sapo.pt

muitos beijinhos,tem um excelente dia,aguardo a tua visita
gatinhafofa a 9 de Dezembro de 2010 às 07:15

Bem já me aconteceu o mesmo, ao que me responderam 'desculpa, tenho falta de imaginação' --'
Just_Smile a 9 de Dezembro de 2010 às 22:00

Exacto, esta disse-me que confessa que nunca foi criativa e não sabe ser original. Mas, apesar de copiar poemas, ninguém a pode julgar por isso. x)
Enfim... Há pessoas assim, que se há-de fazer?

Aprende se a viver com pessoas sem carácter no mundo xD
Just_Smile a 10 de Dezembro de 2010 às 21:07

vejo que não foste ver a tua plaquinha mas eu não me importo. o que eu não quero é que me voltem a julgar por aquilo que faço,pois eu detesto isso. eu estou nos meus direitos de fazer o que eu quiser com os meus blogues,ninguem tem nada a ver com isso.
gatinhafofa a 10 de Dezembro de 2010 às 18:01

Sinceramente não compreendo porque alguém manteria um blog de poemas copiados. Não é o objectivo da poesia expressar o que nos vai na alma ? :|
ricardo.r a 13 de Dezembro de 2010 às 03:02

Também não percebo, é uma pena e um desperdício de tempo. Neste caso, além de o copiar, ainda o estragou, mas pronto. O alarido já passou e já não estou para me chatear mais.

Estou contigo. Já tinha percebido que a peça não joga com o baralho todo... enfim... mas o desprezo é o melhor remédio.
Não se deve mexer muito na "porcaria" e o objectivo dela já foi alcançado: "falem bem, falem mal, mas falem de mim" Só pode.
Bj
complicadinha a 14 de Dezembro de 2010 às 11:55